Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

este cheiro não me larga, perfume de pobre é uma praga! :P

aqui na parvónia, não sei se devido à humidade, se devido à facilidade de conseguir álcool étilico, começaram a brotar lojas de venda de perfumes low cost, ou lá como é que se chama a coisa.
 
eu esquecida da minha hipersensibilidade olfactiva, semelhante à de Jean-Baptiste Grenouille sem instintos assassínos, tive a infeliz ideia de me  deslocar a um desses antros de perversão olfactiva e experimentar duas das pseudo-imitações! só vos digo uma coisa, duas, vá, três:
 
- apesar de apenas ter posto perfume do tester parece que mergulhei o meu casaco naqueles mega boiões com cheiro super-hiper-mega-étilico-enjoativo, nada nadinha parecido com o original;
- tenho uma dor de cabeça que não posso;
- só não tiro o casaco porque tenho medo de constipar.

6 comentários:

  1. Certos perfumes provocam-me imensas dores de cabeça...verdade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O post é sobre as perfumarias low cost, porque entrei nesta por curiosidade. Mas, perfumarias no geral são lojas proibidas para mim, fico sempre com dor de cabeça.

      Eliminar
  2. eu nunca borrifo em mim; uso sempre os papelinhos e mesmo assim, ás vezes, o cheiro persegue-me

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi o caso. Penso ter aprendido a lição, MEDO. :P

      Eliminar
  3. Eu sou muito, mas mesmo muito esquisita com perfumes. Imitações nem pensar. E originais contam-se pelos dedos de uma mão aqueles que eu gosto.
    E quando estou a testar, faço como a medusa, uso aqueles papelinhos que as perfumarias têm à nossa disposição.
    :)
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu fiz o post em relação às perfumarias low cost, mas acaba por se passar o mesmo nas de originais! Não lido bem com mistura de cheiros, faz-me dor de cabeça. E percebo tanto de perfumarias que achava que esse papelinho se chamava "tester", era a ele que me estava a referir no texto do post, só agora reparei que escrevi "do tester" em vez de "no tester"! :P

      Beijinhos

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...