Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

se eu fosse...

um objecto, seria um livro
um número, seria o nove
uma direcção, seria norte
uma palavra, seria gentil
uma fruta, seria maçã
um animal, seria elefante
uma flor, seria silvestre
um mês, seria março
um dia da semana, seria segunda-feira
uma hora do dia, seria o entardecer
um clima, seria frio
uma árvore, seria embondeiro
um líquido, seria água
um sabor, seria agridoce
uma música, seria fado
um elemento, seria terra
uma parte do corpo, seria sorriso
um sentimento, seria confiança
um lugar, seria cume da montanha
um móvel, seria sofá com chaise longue
um som, seria agudo
uma cor, seria branco
uma pedra preciosa, seria difícil de lapidar
uma forma, seria disforme

retirei de um blogue, já não me lembro qual, guardei em rascunho e hoje resolvi partilhar.

8 comentários:

  1. Adorei! Se calhar vou guardar este desafio para o fazer mais tarde

    ResponderEliminar
  2. Muito giro!
    Já te roubei esta e amanhã vai para o ar! ;)
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Adorei... tão fofinho! vou levar! :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Adorei...vou roubar. :D
    E uma pedra preciosa por lapidar é bem mais valiosa. :) :)
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ;)
      Tem a desvantagem de não se saber muito bem como lidar com ela! :P

      Beijos

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...