Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

terça-feira, 6 de agosto de 2013

da fruta que há em nós...


somos muito mais do que os olhos vêem.

10 comentários:

  1. ahahahaha adorei Canca!! Está mesmo giro :) O espírito é mesmo esse...
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. We are so sweet... but not everyone gets to taste it! :p

      Beijos

      Eliminar
  2. Mas somos mesmo. Mas olha, eu gostava de ser um morango.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Acho que eu seria uma amora, pequena, frágil, selvagem, mas muito docinha... :P

      Beijos

      Eliminar
  3. Muito giro!!! :-)
    Todos os dias me sinto um morango!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho horas de amora e horas de pêra. ;)

      Beijos

      Eliminar
  4. Muito bom. :) Somos mesmo, e nós vemo-nos sempre mais feios do que os outros. :)
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguns de nós, o que uns têm a mais de auto-estima falta a outros.

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Respostas
    1. É uma insatisfação generalizada com o aspecto exterior. ;)

      Beijinhos

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...