Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

segunda-feira, 24 de março de 2014

tenho saudades tuas, tantas, imensas meu AMOR

quatro anos sem ti, continuam as lágrimas, continua a fenda no coração que nehum outro sentimento ou pessoa podem colmatar, eu amo-te meu pequeno príncipe, tu sabes, tu sabias sentir... tenho tantas, tantas saudades, imensas, do tamanho do meu amor por ti, eu amo-te.

4 comentários:

  1. Um abraço bem apertadinho minha querida*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, minha querida, de coração, obrigada.*

      Eliminar
  2. Muita, muita força...são dias difíceis, mas ele lá está a olhar por ti e vai querer ver um sorriso nesse rosto. Prometes que sorris? :)
    beijinho grande, abraço apertadinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por ele, por ti, por todos aqueles que acredito me querem bem. :)

      Abraço apertado*

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...