Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

domingo, 14 de julho de 2013

irónico

o meu irmão do coração, o Al, que conheci aos 18 anos e partilhou comigo os quatro anos que durou a nossa licenciatura, tem o recorde de ser quem em menos tempo mais de si me revelou, costumava dizer-lhe que era a pessoa mais autobiográfica que conhecia, tal era a necessidade que tinha de falar de si. fazia-o sem complexos, ou exibicionismos, sempre o ouvi com todo o carinho, e quando emitia opiniões fazia-o da mesma forma limpa com que ele se mostrava. agora dou comigo a sentir-me um Al da blogosfera, no meu cantinho falo quase única e exclusivamente de mim, e na maioria das vezes que comento noutros blogues acabo por falar de mim! tornei-me blogoautobiográfica!


podia agradecer ao Al, mas "depois faço isso... agora não" ;)

12 comentários:

  1. É bom partilhar e há pessoas muito especiais por aí, :)

    beijinhos grandes e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu já te encontrei! ;)

      Beijinhos, boa semana.

      Eliminar
  2. Tb sou um bocadinho assim!
    Gosto muito que fales sobre ti e que partilhas as tuas coisas, podes continuar a ser o Al da Blogoesfera :)

    Beijinhos e boa noite*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada doce Carminho, eu também gosto de ti, temos um coração parecido, parece-me, grande e com medo de voar...

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Acho que somos todos um pouco assim aqui :) E não faz mal nenhum :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz bem, é libertador, põe as borboletas a voar! ;)

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Eu acho que nos faz tão bem, também me acontece, pouco falo de mim noutros contextos mas aqui sinto-me bem em fazê-lo e talvez tenhamos mais à vontade para isso porque nos conhecemos de uma forma tão diferente e especial! bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, minha Mel do coração, aqui parece mais fácil... e conhecemos gente tão liiiiiiiiinda, obrigada. :)

      Beijos, muitos

      Eliminar
  5. Canca, é normal num blog falarmos de nós próprios, nem que seja um bocadinho e nós gostamos de ler :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, sabe bem, ajuda a libertar o que vai cá dentro, sem a censura dos olhares, e dos "julgares"! ;)

      Beijos

      Eliminar
  6. Acho que isso é normal e deve acontecer-nos a todos. Porque falar de nós é também conhecer-mo-nos melhor. :)
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, sem partilha julgo que não pode haver pleno auto-conhecimento, nem evolução.

      Beijinhos

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...