Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

do sentir-me cheia de luz


eu às vezes gosto de mim, da minha generosidade, da minha capacidade de dar e de me dar, da minha forma pura e simples de acreditar e aceitar, da minha força interior, da minha capacidade de subtil e gentilmente passar a mais dura das mensagens... i'm free.

9 comentários:

  1. Respostas
    1. Sentirmo-nos orgulhosos de nós, descobrir forças que pensavamos não existir. Pensar que afinal conseguimos brilhar, sentir o nosso brilho.

      Beijos

      Eliminar
  2. e eu também gosto de ti assim... especial!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pessoas como tu fazem-nos sentir ainda mais iluminados, o teu brilho mora no meu coração.

      Beijos

      Eliminar
    2. Sabia tão bem dar-te agora um abracinho****

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Tão bom sentir que ficam felizes com o nosso bem, dá-me ainda mais luz. Obrigada. :)

      Beijinhos, muitos

      Eliminar
  4. Que mensagem tão positiva :) É bom ler coisas assim!

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, é bom sentirmo-nos assim.

      Beijinhos

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...