Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

entre nós # 16 - pedra filosofal

simplesmente ADORO este poema, esta interpretação.


Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

Eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.

António Gedeão, 1956

14 comentários:

  1. Bom dia minha Doce:
    Este poema, esta canção é uma das agulhas que aponta o norte na minha Vida!

    jinhosssss e OBRIGADA!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sonha, sempre. :)

      Beijoooooooooos, muitos.

      Eliminar
  2. Não sabes como adora esta letra é lindíssima

    ResponderEliminar
  3. Lindo, obrigada pela partilha :)

    A mim faz-me recuar ao 7.ºano e ao professor Victor que nos leu na aula este poema com uma intensidade que nos marcou a todos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não associo a nenhum episódio em particular, não sei com que idade ouvi pela primeira vez, mas há muitos anos que vive em mim. :)

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Simplesmente adoro...quantas recordações...obrigada!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero ter roubado sorrisos, partilhar é bom! :)

      Beijinhos

      Eliminar
  5. LINDA. :) Bela partilha, Canca. Obrigada
    beijinho

    ResponderEliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...