Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

segunda-feira, 17 de junho de 2013

nem tudo é relatividade

quando penso "esta pessoa já não me pode surpreender sendo ainda mais estúpida que já a sei", eis que me surpreende...


10 comentários:

  1. E isso pela negativa acontece-me tanto!!!!
    Quando eu acho que já chega...não chega! Ainda há pior...Ai a estupidez humana triste sina...

    jinhossssss

    ResponderEliminar
  2. Tens razão. Quando parece que já não há pior, pimbas, e o pior aparece. Chama-se a isso estupidez crónica.
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Crónica e ilimitada, haja paciência! ;)

      Beijos

      Eliminar
  3. Às vezes também me acontece. As pessoas estão sempre a surpreender-me, não necessariamente pela positiva :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alcançam níveis estupidamente elevados de estupidez, não é fácil! :/

      Beijos

      Eliminar
  4. Olá Canca,
    Não preciso de acrescentar mais nada, pois não? :(

    beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só se for um pouco da tua gentileza. :))

      Beijinhos

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...