Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

sexta-feira, 22 de março de 2013

osmose

A tua mão entrelaça-se no meu cabelo,
O teu sussurro ecoa no meu ouvido,
O meu corpo encontra-se com teu,
A tua voz sofregamente diz o meu nome…
Surpreendi-te! A mesma de sempre…
O teu olhar sentiu-me bela, fez-me especial.
O rio encontra o mar, temperaste-me
Ficámos na praia, sabor a sal
E o Sol não se pôs...
Soube então que me amavas,
O tempo passou e o teu olhar em mim, em nós…
Continuou a brilhar.
A tua areia ficará para sempre na minha praia.
 

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Escrito por mim, sim, meu e de quem comigo o partilhou...

      ;)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. 'bigada, e sê muito bem-vinda às minhas partilhas.

      Bjs

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Fico feliz por teres gostado das minhas partilhas, volta sempre és bem-vinda.

      Bjs

      Eliminar
  4. Adorei este belíssimo texto. Roubas-te-me alguns sorrisos hoje, um dia um pouco triste para mim, :)

    beijinhos e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foste uma das pessoas que me disse para continuar a escrever, fico feliz por gostares. Sabes que eu adoro roubar sorrisos, as tuas visitas também me roubam sorrisos! ;)

      Beijos, fica bem.

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...