Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

quinta-feira, 28 de março de 2013

também não percebo!

mas parece que é assim que funciona! 

6 comentários:

  1. Eu acho é que escolhemos sempre mal a pessoa e pior fazemos sempre questão em continuar a dar valor e a pensar nessa pessoa, :(

    beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com o que dizes, só não sei se escolhemos as pessoas mal! Sei é que nos importarmos com os outros, e isso não é errado, "errado" é não conseguirmos apagar as pessoas do nosso pensamento como elas fazem connosco... :(

      Beijo grande

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...