Se tivessem acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teriam ouvido as verdades que teimo em dizer a brincar, falei muitas vezes como um palhaço mas jamais duvidei da sinceridade da plateia que sorria. Charles Chaplin

Tornámo-nos eternamente responsáveis por aquilo que cativamos. Antoine de Saint-Exupéry

A cabeça que se não volta para os horizontes sumidos não contém nem pensamento nem amor. Victor Hugo

Não importa o que fizeram connosco, importa o que fazemos com aquilo que nos fizeram. JP Sartre

domingo, 28 de abril de 2013

de quê? De rasgar o peito. Com quê?

Tenho andado com esta música na cabeça, o poema é genial, o piano maravilhoso, a voz dá o toque que faltava. Adoro Mafalda Veiga, se bem que na adolescência a achava super irritante, há tanto que só a idade nos pode fazer compreender... isto é, se tivermos predisposição e vontade... de quê? De rasgar o peito. Com quê?
...
Pedes-me um sonho,
para fazer de chão.
Mas eu desses não tenho,
só dos de voar.

Agarras a minha mão
com a tua mão
e prendes-me a dizer
que me estás a salvar.
De quê?
De viver o perigo.
De quê?
De rasgar o peito.
Com o quê?
De morrer,
mas de que paixão?
De quê?
Se o que mata mais é não ver
o que a noite esconde
e não ter
nem sentir
o vento ardente
a soprar o coração...

Pedes o mundo
dentro das mãos fechadas
e o que cabe é pouco
mas é tudo o que tens.
Esqueces que às vezes,
quando falha o chão,
o salto é sem rede
e tens de abrir as mãos.

Pedes-me um sonho
para juntar os pedaços
mas nem tudo o que parte
se volta a colar.
...


14 comentários:

  1. ela é uma BOCADO sonsa...mas tem músicas muito boas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma rapariga simples, que não se produz.. as músicas dela encantam-me.

      Beijos

      Eliminar
  2. Gosto de algumas músicas dela...tem uma voz muito melódica que nos leva a flutuar...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso, as músicas fazem-nos sentir leves...

      Beijos

      Eliminar
  3. Gosto das músicas dela ... mas sem gostar muuuuuito ...
    Agora quanto à vontade de rasgar o peito ... não tenho nenhuma... isso deve doer :))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto muuuuuuuuuuito.
      Vontade acho que ninguém tem, porque dói que se farta ;), mas quem é que já não o rasgou? Faz parte do nosso crescimento como pessoas...

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Mudar de opinião e de gostos é sinal de crescimento...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida!
      Obrigada por quereres ser parte deste cantinho de partilhas, sê muito bem-vinda.

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Retive: "...nem tudo o que se parte se volta a colar"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um peito rasgado até pode cicatrizar, mas a cicatriz fica sempre...

      Beijos

      Eliminar
  6. Ela tem letra muito, muito bonitas e com enorme significado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, até parece que está a falar da nossa vida... das nossas vidas, e está!

      Beijos

      Eliminar

Partilhem, que partilhar tem graça! Façam o favor de me roubar sorrisos...